Lugares de memória na literatura de Laura Alcoba

Autores

  • Rocío Celeste Fit IPEHCS-CONICET-UNCo

Resumo

Os lugares da memória referem, desde Pierre NORA (1983), a objetos simbólicos que fixam um modelo de representação do passado através de processos dinámicos e plurais. Nesse trabalho revisam-se as principais representações sobre a Casa Mariani-Teruggi, uma central clandestina de Montoneros onde foram desaparecidas seis pessoas durante a última ditadura militar na Argentina. Laura Alcoba revisita a casa como um lugar de memória nas fronteras entre a realidade e a ficção, entre a arte e a política. Nessa direção, se focaliza na leitura de La casa de los conejos (2008) considerando a centralidade do cronotopos (BAJTIN 1989) da casa operativa. Finalmente, se trabalham as ligações traçadas entre essa primeira novela, El azul de las abejas (2014) e La danza de la araña (2018), que configuram uma trilogía sobre a experiência da infancia entre a ditadura e o exílio.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2020-09-22

Como Citar

Fit, R. C. (2020). Lugares de memória na literatura de Laura Alcoba. Revista Abehache, (17). Recuperado de https://revistaabehache.com/ojs/index.php/abehache/article/view/306