Edições anteriores

  • Diálogos literários entre o Brasil e a América Hispânica
    n. 17 (2020)

    ISSN: 2238-3026

    Apesar das proximidades geográficas, históricas e culturais, os encontros, interconexões ou diálogos da literatura e a crítica brasileiras com a literatura e a crítica hispano-americanas não são muito frequentes, advertindo que o desconhecimento das línguas e a falta de bibliografia traduzida não são as causas mais determinantes. Além da tendência recorrente de ajustar nossas literaturas aos modelos propostos pelas literaturas europeias, são exceções a esse desencontro, por exemplo, a opção pelo cosmopolitismo entre os movimentos das vanguardas; o fenômeno literário-mercantil do “boom latino-americano”; as diversas manifestações de uma literatura engajada com nossa complexa realidade política, incluindo nelas as obras realizadas por diversos autores nos períodos de exílio das ditaduras militares. No campo específico da crítica literária, protagonistas destacados desse diálogo  foram Antônio Cândido e Ángel Rama, que a partir de seu encontro em Montevidéu há exatamente 60 anos, apostaram por uma teoria da literatura latino-americana que se materializa em vários de seus escritos, assim como na publicação da “Biblioteca Ayacucho”, coordenada pelo crítico uruguaio a partir de 1974. Mais recentemente se destaca a antologia de textos críticos reunidos na trilogia intitulada “América latina, Palavra, literatura e cultura” publicada a partir de 1993 pela UNICAMP. Nos começos de século XX as visitas de Rubén Darío ao Brasil ou as preocupações de diversos críticos de ambos universos com a cada vez mais notável intervenção norte-americana podem ser registrados como antecedentes do encontro proposto, e nos últimos anos os cada vez mais frequentes eventos acadêmicos e encontros literários que favorecem a discussão e o intercâmbio. 

  • n. 16 (2019): O espanhol e as outras línguas

    O espanhol e as outras línguas na produção de conhecimento e nas práticas literárias e de tradução
    n. 16 (2019)

    ISSN: 2238-3026

    Em 31 de agosto de 2019, na cidade de São Paulo, foi realizada a Jornada “O espanhol e as outras línguas na produção de conhecimento e no ensino superior”, promovida pela Associação Brasileira de Hispanistas como parte da edição 2019 do ciclo “Hispanismos em Debate”. Essa Jornada, cuja filmagem está disponível em
    https://www.hispanistas.org.br/congressos-e-jornadas/jornadas/, foi realizada em parceria com a Comissão organizadora do IV Congresso Latino-Americano de Glotopolítica e precedeu as 1 atividades desse evento internacional que aconteceu na cidade de São Paulo, no mês de setembro do ano passado. Em razão do interesse que o tema comporta, decidimos vincular o dossiê deste número da revista abehache à reflexão levada adiante naquela Jornada, abrindo seu escopo às relações do espanhol com outras línguas no campo das práticas literárias e de tradução.

  • n. 15 (2019): Outros hispanismos

    Outros hispanismos
    n. 15 (2019)

    Quando se fala de hispanismo, é comum pensar na língua castelhana e suas variantes históricas ou dialetais, na literatura espanhola e hispano-americana e na cultura de países que têm o espanhol como idioma oficial. No entanto, o que chamamos de hispanismo aparece cada vez mais como uma realidade complexa e dinâmica que, sob o signo da heterogeneidade, coloca em relação, não sem conflitos, uma diversidade de culturas, línguas e literaturas, promovendo assim novas questões e temas que, para seu estudo, requerem superar a abordagem tradicional e pluralizar tal nomeação.

  • Revista abehache Número 14. Migrações.

    Migrações
    n. 14 (2018)

    A globalização contemporânea atualiza fluxos migratórios que se deslocam em busca de qualidade de vida, melhores empregos ou oportunidades. Motivados por diversas situações de conflito, os migrantes encontram na mobilidade forçada a única saída para fugir das violências e vulnerabilidades a que estão expostos. Neste contexto, o Número 14 da Revista ABEHACHE, lançado no segundo semestre de 2018, apresenta um dossiê que, centrado no tema “Migraçõesâ€, busca tensionar as disputas que resultam nestes movimentos.

  • Revista da Associação Brasileira de Hispanistas. Número 13. Primeiro semestre de 2018

    Política(s) no mundo hispânico
    n. 13 (2018)

    As reflexões que envolvem questões políticas têm ocupado, cada vez mais, um lugar preponderante no âmbito dos estudos hispânicos. Estas discussões, que tratam tanto de assuntos relacionados aos estudos da linguagem, quanto aos estudos literários e aos da formação de professores, procuram dar conta da complexidade presente nas diferentes esferas do cenário contemporâneo. Levando isso em consideração, a Revista abehache apresenta, em seu décimo terceiro número, correspondente à segunda parte do ano de 2018, um Dossiê dedicado ao tema da(s) “Política(s) no mundo hispânicoâ€.

  • Revista abehache
    v. 1 n. 9 (2016)

  • Revista abehache
    v. 1 n. 8 (2015)

  • Revista abehache
    v. 1 n. 7 (2014)

  • Revista abehache
    v. 1 n. 6 (2014)

  • Revista abehache
    v. 1 n. 5 (2013)

  • Revista abehache
    v. 1 n. 4 (2013)

  • Revista abehache
    v. 1 n. 3 (2012)

  • Revista abehache
    v. 1 n. 2 (2012)

  • Revista abehache
    v. 1 n. 1 (2011)