La Familia de Pascual Duarte: uma análise contrastiva das parêmias na tradução do par línguístico espanhol/português

Autores

Palavras-chave:

Tradução, Espanhol-português, Paremiologia, Provérbios, La Familia de Pascual Duarte

Resumo

O presente trabalho compreende um estudo contrastivo dos Enunciados Fraseológicos, mais especificamente dos provérbios, no par linguístico espanhol/português da obra La Familia de Pascual Duarte. Os objetivos se concentraram em mapear tais provérbios no texto de partida e identificar no texto de chegada as estratégias do tradutor para dizê-los novamente. Para tanto, adotou-se a perspectiva da (Re)enunciação fraseológica de Ramos-Nogueira (2017). A metodologia guiou-se por uma classificação dos provérbios tradicionalmente conhecidos e àqueles passíveis de corresponder a uma criação do autor, devidamente definidos e contextualizados. As parêmias se revelaram como um importante instrumento de representação da oralidade e da sabedoria popular no estilo literário de Camilo José Cela.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Dr. Luis Carlos, Universidade de Brasilia (UnB)

Professor do Departamento de Línguas Estrangeiras e Tradução (LET/IL) da Universidade de Brasília (UnB). É Doutor em Linguística Geral, pela Universidade de Granada (ES) e Mestre em Linguística Aplicada, pela Universidade de Brasília, além de especialista em Tradução Espanhol/Português e Ensino e Aprendizagem de Espanhol como Língua Estrangeira (E/LE). Atua com ênfase nas áreas de Teoria da Tradução, Fraseologia Contrastiva, Ensino de Espanhol para tradutores em formação, Tradução Pedagógica, Tradução Literária e Tradução relacionada com a cultura de um modo geral.

Vanessa Fonseca, Universidade de Brasília (UnB)

Aluna do curso de Tradução Espanhol da Universidade de Brasília e membro do Grupo (Re)Enunciação Fraseoparemiológica - ReEnunfrapa.

Publicado

28-07-2022

Como Citar

Ramos Nogueira, L. C., & Pereira da Fonseca, V. (2022). La Familia de Pascual Duarte: uma análise contrastiva das parêmias na tradução do par línguístico espanhol/português . Revista Abehache, (21). Recuperado de https://revistaabehache.com/ojs/index.php/abehache/article/view/418